Ligue-se a nós

Ficção

“Terra Brava”. Eduarda: “Tenho medo, filha”

Cátia Ferreira

Publicado

no

Beatriz está revoltada depois de ter descoberto que a mãe foi a responsável pelo rapto de Rodrigo e decide engendrar uma armadilha e fazer ela própria justiça.

Na herdade, conversam sobre a possibilidade de Afonso ser preso pelos crimes que Eduarda cometeu. A mãe sente-se preocupada pelo facto do filho já não confiar nela.

Beatriz tenta conquistar a confiança da mãe: “Acredito que não és a criminosa que muitos dizem que és. E que não vais colocar a vida de um filho em perigo. E que estás disposta a sacrificar-te por ele”. Beatriz pergunta à mãe se pode consultar o processo e esta, ainda que desconfie do comportamento da filha, acede dizendo que este está na fundação. Então, a professora sugere que Eduarda o vá buscar enquanto que ela prepara um chá. Eduarda continua desconfiada, mas aceita.

Ao chegar ao escritório, Eduarda tenta ligar a luz, mas não consegue. Na parede, estão projetados slides de Rodrigo em criança e da sua família, deixando a vilã em pânico: “Quem está aí? Quem está aí? Aparece, cobarde! Pára de me atormentar! Aparece”. Enquanto tenta ligar a luz os slides continuam a passar.

Veja também:   "Nazaré": Duarte perde empresa para Natália e Rui

Entretanto, chega Beatriz e finge preocupação para que não desconfie de que foi ela a autora daquela encenação. “Tenho medo, filha. Estamos a ser observadas, andam atrás de mim, querem dar comigo em louca”.

Beatriz insiste para que lhe conte o que se passou: “É o Rodrigo…O Rodrigo Bastos anda atrás de mim, quer fazer-me mal, quer enlouquecer-me”. A professora tenta a todo custo arrancar uma confissão à mãe, mas Eduarda não o faz. “Anda alguém a atormentar-me. Alguém que me quer mal, que anda a fornecer ao Tomás documentos privados e segredos do passado… e a pregar-me partidas de mau gosto. Há um fantasma na minha vida. Mas não quero falar mais sobre isto, vou dormir, acho que o comprimido está a fazer efeito. Tranca a porta, por favor. Tranca as portas todas“.

Entretanto, chega Afonso Maria e a irmã conta-lhe o sucedido. “0 meu plano é assustar a mãe, deixa-la nervosa ao ponto de confessar o que fez ao Rodrigo. E hoje quase o conseguia. Preguei-lhe um valente susto. Amanhã conto-te”. O rapaz pede-lhe que tenha cuidado.

Fonte: Telenovelas

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas