Com o fim anunciado do “Juntos à Tarde, a SIC já se reuniu com João Baião para renegociar o contrato. Segundo a revista TVGuia, o apresentador irá sofrer um corte de 10 mil euros e deixará o daytime.

As duas partes já chegaram a acordo“, começa por referir uma fonte à revista. “Até 2019, João passará a ganhar 15 mil euros por mês“, acrescenta. Para além destas alterações, o apresentador foi notificado que não terá nenhum projeto, pelo menos para já.

Em janeiro de 2014, João Baião trocou a RTP pela SIC. Desde então, esteve envolvido em diversos projetos do canal. Apresentou, juntamente com Júlia Pinheiro, o “Sabadabadão” e, ainda, assumiu a condução do “Portugal em Festa”.

No que diz respeito aos talk-shows, João Baião foi apresentador do “Grande Tarde“, juntamente com Andreia Rodrigues e Luciana Abreu e, mais recentemente, o “Juntos à Tarde“, ao lado de Rita Ferro Rodrigues.

O fim de mais um talk-show

Uma vez mais, o canal de Carnaxide cancela um talk-shows das tardes de segunda a sexta. Depois do “Boa Tarde”, “Grande Tarde” é agora a vez de “Juntos à Tarde”. Até ao fecho desta edição, desconhece-se qual o sucessor do formato de Baião e Rita Ferro Rodrigues.

De acordo com a revista TV7Dias, o formato terminará a 23 de fevereiro de 2017. “A informação foi revelada pelo Frederico Ferreira de Almeida (diretor-geral da FremantleMedia Portugal).

“Foi dito que o programa ia mesmo terminar e que preparariam um novo formato, do qual não foi revelado qualquer pormenor. E é natural que existam cortes nas equipas e que existam pessoas que trabalham nas manhãs e deixem de o fazer, sendo substituídas por pessoas das tarde”, referiu uma outra fonte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here