Connect with us

Notícias

‘Secret Story 7’. Gabriela: “O César não valoriza o amor que sinto por ele”

Rufino Teixeira

Published

on

Gabriela, uma das concorrentes mais comentadas de ‘Secret Story 7‘ não parece ter saído muito feliz do programa. Há cinco anos, César falou-lhe do assunto, mas a jovem achou que não fazia sentido participar no programa. “E já nessa altura ele me mentiu“, começa por contar a algarvia. “Dizia que estava a trabalhar quando, na verdade, estava a ir aos castings. Entretanto, ele acabou por não entrar, porque sabia que eu era completamente contra. Na altura, confesso, achava que era exposição a mais.

Por isso, faz um balanço da sua participação. “Fui feliz lá dentro, mas sei que passei uma imagem de uma pessoa triste, sempre a chorar, e não era isso que queria. Percebi, assim que cheguei cá fora, que todos acharam que só tive momentos negativos e que, enquanto o César lá esteve, só tive momentos maus. E não foi isso que aconteceu. Com ele também vivi momentos bonitos e bons, que guardo no coração“, conta a jovem.

César foi o primeiro a abandonar o jogo. Cá fora, o jovem atirou várias culpas à namorada. “Temos de ter uma conversa séria e não é no meio desta confusão. Tem de haver tempo e a conversa tem de ser ponderada, de adultos. Lá dentro dissemos coisas desagradáveis um ao outro, excedemo-nos ambos e agora isso só se resolve a conversar“, explica. “Digo isso por o César não valorizar o amor que sinto por ele. Não vou retirar isso. Os outros insultos, sim, porque foram uma parvoíce, uma criancice. Mas esse não.

Se esta relação tiver de continuar, ninguém me vai influenciar do contrário“, conta, não negando, contudo, que já lhe disseram para terminar o namoro: “Sim, já me aconselham a afastar-me, mas não sei…

Apesar da sua relação com César não ser propriamente saudável, Gabriela assume que já viveu dias piores no passado. “Fui perseguida e ameaçada por um ex-namorado.” “Tive uma relação tão má com aquele meu ex-namorado que, mesmo os piores momentos com o César, são nuvens de algodão. O outro rapaz, que nunca vou dizer o nome, chegou a ameaçar a minha vida“, diz, recordando o terror. “Ele aparecia-me do nada e chegou a ameaçar-me de morte, até com uma faca. Foi de tal forma grave que acho que sou traumatizada por causa disso. Confesso que não consigo verdadeiramente ultrapassar e ainda hoje tenho alguns medos. Talvez porque apresentei queixa na Polícia e eles não quiseram saber. Podia ter morrido, espancada e deixada numa berma, que nunca quiseram saber. Senti-me desprotegida e daí este trauma.

Continuar a ler
Advertisement
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress. Shared By Fancy Text Generator