Connect with us

Pessoas

Sara Norte e as drogas: “Não tomava banho dias e dias, não me olhava ao espelho”

Rufino Teixeira

Published

on

No programa ‘Alta Definição‘, Sara Norte voltou a contar, a público, o que aconteceu realmente no dia em que foi presa; como entrou no mundo do tráfico de droga e ainda como é o relacionamento com a sua família.

O seu contacto com drogas deu-se quando viu a sua mãe, Carla Lupi a consumir. “Quando me ofereceram, sabia que aquilo arruinou a vida da minha mãe. Em vez de dizer não, quis experimentar para saber o porquê“, começou por dizer a atriz no programa da SIC. Apesar de ser do conhecimento de todos, que Sara Norte não mantinha uma relação chegada com a mãe, a atriz explica que aquilo que viu em casa, e a pertinência em experimentar, fez com que se torna-se numa consumidora assídua.

Durante três anos, Sara arranjou um namorado, que também se drogava. Vivia em condições desumanas, mas considerava estar feliz. “Era uma relação de dependência. Sentia-me sozinha e só o tinha a ele, portanto, ele pôde fazer de mim o que quis“, realça. Com o tempo, a droga acabou, também, por consumir a ela própria. “Não tomava banho dias e dias, não me olhava ao espelho, não penteava, não comia, todo o dinheiro que tinha era para aquilo.”

Uma opção de vida

Tornou-se traficante de droga por opção e de modo a conseguir sobreviver. “Tinha duas hipóteses, ou a prostituição ou o tráfico. Decidi pelo tráfico.” A jovem contou ainda que engolia um quilo de bolotas e, no estômago, transportava-as para Marrocos. Chegou a ser apanhada pela polícia, mas um dia o caso agravou-se.

Continuar a ler
Advertisement
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress. Shared By Fancy Text Generator