Ligue-se a nós

Notícias

Pedro Barroso teve ajuda psicológica em “Golpe de Sorte”

Pedro Barroso narra algumas dificuldades no processo de construção da sua personagem em “Golpe de Sorte”.

Cátia Ferreira

Publicado

no

Pedro Barroso foi uma das novidades na quarta temporada da série “Golpe de Sorte”, no papel de José Castro. Trata-se de um sucateiro sem escrúpulos que usa o negócio como forma de camuflar a exploração que faz a jovens marginalizados que trabalham para ele a troco de abrigo e proteção.

Pedro Barroso admite: “É nesta arritmia e intensidade que eu gosto de trabalhar. Foi uni ótimo desafio da parte do Daniel Oliveira e da equipa da Vera Sacramento (autora da série)”.

Confessa ainda que inicialmente ponderou se aceitava ou não interpretar José Castro e explica: “Quando comecei a ver os primeiros guiões, lembro-me de ter sentido um pouco de dúvida. Voltar aqui a trabalhar a máquina (aponta para o coração). Um ano fora… será que sou capaz?”. Mas as dúvidas rapidamente se dissiparam: “Esta palavra que eles pregam tanto da Só assim é que se consegue trabalhar neste registo. E foi logo a primeira reunião com o Daniel que fez toda a diferença. E muito bom sentirmo-nos bem acompanhados, bem guiados. Foi uma aposta de risco. A expressão certa é ‘a carne toda no assador’ e eu senti que ia crescer como ator. Senti que podia arriscar e que estava seguro para arriscar”.

Havendo uma comparação com o seu papel de Roni, em “Herdeira”, o ator diferencia os dois papéis: “É mais fácil aceitar um Roni por ser uma história de amor. Aqui é um antagonista puro e duro. Para mim, são as personagens que me dão mais gosto”.

Veja também:   Big Brother: Andreia prepara-se para ser mãe

Para se preparar para “Golpe de Sorte”, Pedro conta: “Foi uma maluquice, desde querer ir ver a sucata, querer ir dormir para o estúdio. Houve um dia que cheguei lá e disse que ia tirar os dentes da frente. Tirei os meus dentes, as facetas, e meti dentes com a minha equipa de dentistas. Eu não acredito num vilão com os dentes todos branquinhos”.

Pedro Barroso revela ainda algo surpreendente: teve a colaboração de um psicólogo neste projeto para o ajudar a trabalhar a personagem: “Eu acho que nunca tinha coabitado nesta energia tão intensa. Tive dias em que saí mais balançado do estúdio.”

Fonte: Revista Maria

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas