Ligue-se a nós

Notícias

Pandemia traz consequências amargas para a dona da SIC: -95% dos lucros no 1.° semestre

Apesar de ter registado lucros no primeiro semestre do ano, o grupo Impresa foi fortemente penalizado pela acentuada quebra nas receitas publicitárias devido ao novo coronavirus.

Avatar

Publicado

no

SIC

O Grupo Impresa, dono da SIC e do jornal Expresso, divulgou hoje os números do primeiro semestre. Nos primeiros seis meses do ano, o grupo teve um lucro de 178 mil euros, uma redução de 94,9% face os lucros obtidos no mesmo período homólogo do ano anterior, quando registou um lucro de 3,5 milhões de euros.

A forte quebra dos lucros do grupo deve-se ao impacto da Covid-19, que fez retrair os gastos dos anunciantes em publicidade. A dona da SIC ganhou 47,4 milhões de euros em publicidade no primeiro semestre do ano, uma queda de 14,5% comparativamente ao primeiro semestre de 2019.

Veja também:   Apoio do Governo aos Órgãos de Comunicação Social é criticado por Rui Rio

As únicas receitas que aumentaram do primeiro semestre de 2019 para o de 2020 foram as provenientes de chamadas de valor acrescentado, que passaram de 6,2 milhões para 6,8 milhões e as receitas de circulação que se aproximaram dos cinco milhões, o que representa uma subida de 2,8%.

No geral, o grupo teve um total de 78,4 milhões de euros em receitas nos primeiros seis meses de 2020, menos 10,4 milhões que as receitas obtidas nos primeiros seis meses de 2019.

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas