Connect with us

Notícias

‘Paixão’. Conheça o final da história

Rufino Teixeira

Published

on

Paixão’ já se encontra a gravar as últimas cenas, que serão exibidas em antena em setembro – altura em que deverá estrear a sua sucessora, que pouco, ou quase nada se se sabe. Um final atípico e bem violento, é esperado, segundo conta a TV Guia.

Disposta a não ser presa por todos os crimes cometidos, nomeadamente pela morte de Ana Rita, Helena decide raptar o grande amor da sua vida e mantê-lo preso em cativeiro. O jovem ainda oferece resistência, no entanto, esta ameaça que se fugir, ela mata Luísa e Catarina. O seu rapto é encenado. Miguel decide ceder às chantagens de Helena e diz à família que vai fugir para não ser preso, já que é o grande culpado da morte de Ana Rita.

É então que, em conversa com Emídio, Helena decide que vai prender o amado num cargueiro e depois fugir com ele para bem longe. “Eu e o Miguel num cruzeiro…“, diz a vilã feliz.  Helena vai até ao hotel e quer vender as suas ações. Estão todos presentes, e Luísa percebe que a vilã quer dinheiro para fugir com Miguel. “Eu sei que és tu que o tens e queres este dinheiro para desapareceres com ele, mas eu não vou deixar”, promete Luísa.

A isto, Helena ri. Pega no telemóvel e mostra Miguel. “Luísa, neste momento, o melhor para todos é estar com a Helena. Manda um beijo à Catarina e diz que a adoro. Talvez possa voltá-la a ver um dia. Amo-te muito, mas tens de me esquecer“. Luísa mostra-se triste e desafia Helena, que sai vitoriosa, rematando que Miguel quer ficar com esta e não com ela.

Mas a vingança de Helena não fica por ali. Decidida a ir até às últimas, desenha um plano para tramar Luísa. Como percebe que a rival a seguiu, a ela e a Emídio, diz que lhe vai dar uma oportunidade de ver Miguel. Tudo não passa de um jogo para a apanhar. Tomás ouve a conversa e decide dar uma arma à irmã, para esta se defender.

Luísa vai até ao porto de Portimão. Um homem revista-a e vê a arma. É então que Luísa é agarrada e arrastada para um contentor em direção à China. Luísa percebe que Miguel está por perto, já que a numeração do contentor em que está, é perto da que estava no vídeo que Miguel gravou. Grita desalmadamente, e Miguel consegue ouvir. Este, com alguma agilidade, consegue soltar-se, mas é apanhado por um capanga de Helena.

Ao perceber que queria fugir Helena aproxima-se do amado. Miguel diz-lhe que prefere ser morto, a ficar com ela. “Vou conceder-te o teu último desejo. Aquela parte de que só ficavas comigo morto? Eu pensei e aceito a tua proposta. Sabes que achei que com o Zé preso ia encontrar alguma paz… mas, só quando acabei com ele, é que fiquei serena, e agora, se não posso ser feliz contigo, prefiro morrer contigo.” Helena enfia-lhe uma agulha de propofol, que o vai matar.

É então que chega Luísa e Tomás. O vilão decidiu seguir a irmã, sem que esta se apercebesse. Amarra Helena e solta Miguel. Tomás leva Helena para o contentor onde estava a irmã, e manda-a para a China.

Miguel é enviado para o Hospital, mas as notícias não são boas. Tudo aponta para que este não resista. Na sa­la de ur­gên­ci­as, o mé­di­co pe­de a Luí­sa que se des­pe­ça do seu gran­de amor. Ela, em cho­que, en­tra em tra­ba­lho de par­to e dá à luz a pe­que­na Mar­ta. Qua­se que em sin­to­nia, Mi­guel re­cu­pe­ra da in­jec­ção de Pro­po­fol e sobrevive.

Helena é morta no casamento

Pas­sa­ram-se 10 me­ses. É o dia do ca­sa­men­to, na praia, de Mi­guel e Luí­sa. É um dia per­fei­to. Es­tão to­dos no are­al on­de vai ser a gran­de fes­ta. Ape­nas Ma­ria Pau­la acha que ain­da al­gu­ma coi­sa po­de cor­rer mal.

Sem que nin­guém se aper­ce­ba, uma ca­da­vé­ri­ca He­le­na sur­ge do na­da. Luí­sa dá os úl­ti­mos re­to­ques no ves­ti­do an­tes de ser cha­ma­da pe­la con­ser­va­do­ra. Ma­ria Pau­la obs­trói, sem que­rer, o ti­ro per­fei­to pre­pa­ra­do por He­le­na. É, de res­to, ela que dá de ca­ras com a vi­lã, que per­gun­ta: “Es­tou feia não é?” Ma­ria Pau­la tem a be­bé Mar­ta no co­lo, e He­le­na co­me­ça a apro­xi­mar-se de­la quan­do sur­ge To­más. Es­te agar­ra a vi­lã. Pe­de à mãe de Mi­guel que vá pa­ra a fes­ta. Le­va He­le­na pa­ra uma du­na e, sem pi­e­da­de, quan­do es­tou­ra uma gar­ra­fa de cham­pa­nhe, dá-lhe um ti­ro na ca­be­ça.

Continuar a ler
Advertisement
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress. Shared By Fancy Text Generator