Ligue-se a nós

Ficção

“NAZARÉ” – O Casamento de Duarte e Bárbara

Miguel Noronha

Publicado

no

É na prisão que Olga mostra a Nazaré a revista com a notícia sobre o advogado que a quer defender. A protagonista insiste em perguntar quem é que lhe mandou o recado, mas Olga não lhe diz.

Já o ambiente no Hotel é de grande tensão. Cris acha que podia ter feito mais para impedir que levassem Ana, mas nem a própria Laura, que é polícia, conseguiu impedir que levassem a filha. Os hóspedes, assustados pelo que aconteceu, começam a abandonar o Hotel.

Duarte entra no quarto e diz a Bárbara que não quer estar a dormir num quarto diferente do dela. Deita-se na cama, de costas para a mulher, e aguarda um sinal de Bárbara que o faça avançar, mas Bárbara permanece imóvel.

Laura e Gonçalo estão desesperados. Falam com Prata que diz que a PJ está a fazer os possíveis e impossíveis para encontrar Ana. Laura exige-lhe que faça mais.

Veja também:   "Nazaré II": As surpresas e as reviravoltas

No Restaurante, Sofia conta a Joaquim que disse a Heitor que se ele quisesse a redenção teria de contar toda a verdade e ilibar Nazaré. Joaquim fica com esperança que Heitor seja capaz de denunciar Verónica.

O advogado Leonardo fala com Nazaré e conta-lhe que foi falar com Verónica. Diz que a vilã ficou nervosa ao falar de Heitor. Nazaré aceita finalmente a sua ajuda.

Glória fica furiosa quando chega ao Mercado e vê Toni na banca. Discute com o filho e diz que não o quer ali. Toni explica à mãe que o irmão não está bem, mas que se não quer ajuda que se pode ir embora. Glória reconsidera porque, na verdade, não tem outra opção. Ficamos na felicidade de Toni por ter conseguido “eliminar” Matias com os comprimidos que lhe pôs no café.

FONTE: MARIA

22 anos. Ator e modelo publicitário. Formado na área de ator, tenho conhecimentos em realização e grafismo. Entro nesta área do jornalismo de televisão, porque é algo que me fascina.

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Mais vistas