Ligue-se a nós

Ficção

‘Nazaré’ – Novas provas incriminam Duarte

Duarte pensa que vai finalmente ver-se livre da pulseira eletrónica, mas a investigação muda de rumo, podendo levar à condenação.

Avatar

Publicado

no

Quando acredita que vai poder tirar a pulseira eletrónica por falta de provas que o incriminem contra o homicídio do tio Félix, Duarte percebe que afinal há novas provas que o incriminam.

O inspetor explica que com a tecnologia nada é verdadeiramente apagado e, por isso, conseguiram rastrear o telemóvel de Duarte à hora do acidente. O dono da Atlântida confessa que tinha uma aplicação no telemóvel que lhe permitia saber onde o tio estava, mas apenas para tentar apanhá-lo pelos crimes que Félix cometera.

Duarte recorda o momento do acidente e afirma que viu o carro capotar. No entanto, quando pensou ligar para o 112 já o carro tinha explodido. O inspetor acusa Duarte de matar o próprio tio, pressionando-o a confessar, mas Duarte garante que não é o assassino de Félix.

Veja também:   “Terra Brava”: Diogo tenta matar Eduarda

Com as novas provas, o primo de Bernardo e Érica fica em maus lençóis e perto de ser acusado pelo homicídio do tio.

Fonte: TV Mais

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Mais vistas