Ligue-se a nós

Famosos

Marisa Liz: “Quero tomar boas decisões”

Cátia Ferreira

Publicado

no

Já é a sua sétima participação no programa “The Voice” como mentora mas só agora é que Marisa Liz revelou que demorou algum tempo até aceitar o convite da RTP.

“Quando me convidaram a primeira vez para ser mentora, demorei muito tempo a aceitar. Porque não sou professora de música. A única coisa que posso passar é a experiência que tenho, que nem sempre sei se irá ajudar”, confessa a artista.

Apesar de já andar nisto há muito tempo admite que ainda fica nervosa: “Quero tomar boas decisões. Todos os concorrentes merecem uma palavra de conforto e que nós, enquanto mentores, estejamos focados no que essa pessoa está ali a fazer”.

Agora já tem mais experiência mas nas primeiras edições, a vocalista dos “Amor Electro”, ficava na dúvida se tinha escolhido os concorrentes certos. Questionava ainda: “Se calhar devia ter tido um cantor daquele estilo e agora tenho três deste: Enfim, desde o ano passado que deixei de pensar assim. Posso arrepender-me, mas sigo o meu coração”.

Veja também:   "The Voice Portugal" vence apostas das privadas pela segunda vez consecutiva

Como é que Mariza Liz, após sete temporadas, ainda tem a capacidade de distinguir um concorrente mais especial? “Alguém que não tenha medo de ser quem é, com as suas limitações e com os seus brilhos. Alguém que goste de si e não queira ser outra pessoa“.

A sua competitividade no jogo é notória mas nesta função o importante é que os concorrentes realizem o seu sonho. A verdade é que é isso que os quatro mentores desejam: “Ajudar os concorrentes é o mais importante! O querer ganhar, é porque isto é um jogo. Somos quatro mentores a jogar.”

Fonte: TV Mais

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas