Em ‘Paixão’ dá vida a Luísa, a protagonista da história. Margarida Vila-Nova, de 34 anos comenta com a revista TV Guia que os seus dias “são passados a chorar“, pela carga dramática da sua personagem na novela.

Apesar do dramatismo de Luísa, personagem da novela, Margarida consegue deixá-la nos estúdios. “Acho muito importante acabar o trabalho com a sensação de dever cumprido. Fechar a porta do estúdio e estar com a família, com os amigos, ir ao teatro… Acho que é importante o processo de desligar o botão. Não levo as personagens a passear…“, considera. A atriz remete todo o cansaço para o estúdio, tentando, em casa, ser melhor. “Posso é ficar mais cansada, fragilizada, emocionada, impaciente… É inevitável. É um exercício meu enquanto actriz saber fechar a porta do estúdio. Quando chego a casa tenho de ter energia, porque há uma família à minha espera“, diz.

Assim para salvaguardar os filhos, pequenos, da carga emocional de Luísa em ‘Paixão’, a atriz não os deixa ver a novela. “Gostamos de proteger os miúdos. Não vêem a Paixão! Logo por aí, não estão à espera que a Luísa lhes entre pela porta a dentro. É importante saber fazer essa gestão.

Segunda temporada de ‘Paixão’

Para esta segunda temporada de ‘Paixão’, Margarida Vila-Nova diz que a “Luísa leva uma volta, vai passar uma fase mais intensa e mais dramática“. No entanto, vai-se tornar mais “activa e dinâmica. É uma personagem cansativa por este ioiô de emoções.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here