Manuela Couto recorda: “Essa forma de viver estava a angustiar-me“

0
125
O ano 2011 foi um dos piores da vida de Manuela Couto. A atriz deu sinal de cansaço e, por isso, viu-se obrigada a abrandar no que toca à profissão. “Na altura, dirigia atores na Plural, estava numa novela e tinha teatro. Tinha inúmeras responsabilidades e essa forma de viver estava a angustiar-me“, revelou a atriz no ‘Alta Definição’
Naquele dia acabou. Assustei me mesmo“, confessou Manuela Couto. “A dada altura, estava sempre a enganar-me, deixei de perceber em que parte da cena é que estava. Foi complicado.” A atriz chegou mesmo a viver um ataque de pânico. 
Devido ao sofrimento pelo qual passou, Manuela Couto fez mudanças na sua vida. “Desde há dois anos, mudei mesmo! Foi uma mudança que veio de fora para dentro de mim. E depois houve todo um processo a que me obriguei, por uma questão de sobrevivência. A dada altura, ou mudamos ou entramos numa espiral de sofrimento.”
Atualmente, a atriz recorre ao psicólogo e à meditação e diz-se melhor assim. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here