Connect with us

Pessoas

Luciana Abreu pede mais apoios para Maternidade Alfredo da Costa

Rufino Teixeira

Published

on

Uma entrevista emotiva no ‘Alta Definição‘. Luciana Abreu revelou, em primeira mão e em seu nome, pormenores importantes da gestação e nascimento das suas duas filhas – nascidas no final do ano passado.

Mas, na passada quarta feira, no programa ‘Queridas Manhãs‘, a estrela da SIC veio revelar mais pormenores sobre o estado de saúde das suas meninas. “As meninas estão quase com cinco quilos cada uma. Cheias de força“, exclama Luciana Abreu. “Sinto-me uma mulher completamente diferente“, considera, depois de ter dado à luz.

Luciana Abreu abraçou, ainda, uma causa em torno da Maternidade Alfredo da Costa, dado que esta a ajudaram a cuidar das suas filhas. “A própria maternidade precisa de apoio. Precisa de remodelações. Eu deparei-me com uma realidade que não estava à espera. Eu estive horas e horas no recovo porque não tinha quarto. Lembro-me de ir tomar banho e não ter muitas condições. De me fazer lembrar um presidiário”, recorda emocionada.

Falta de apoios

A atriz ressalva ainda que é “um sítio que precisa de apoios. De uma pintura naquelas paredes. Precisa de uma chávena. De uma chaleira naquele quarto. De uma cama para o pai, ou de um cadeirão para o pai poder dormir à noite com a esposa“.

A minha luta é pedir ajuda. Eu cedo a minha imagem para as marcas que quiserem abraçar a maternidade. Podem usar-me à vontade, desde que ofereçam tudo aquilo que a maternidade precisa para salvar os nossos filhos“, salienta, exclamando ajuda.

Continuar a ler
Advertisement
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress. Shared By Fancy Text Generator