Ligue-se a nós

Famosos

‘Love on Top’ – Rui Rodrigues afirma inocência no caso com André Leão

Rufino Teixeira

Publicado

no

Foi no passado dia 28 de fevereiro que uma agressão ao futebolista André Leão levou a que Rui Rodrigues – ex concorrente do programa ‘Love on Top’ leva-se a ser um dos acusados no processo. O jovem ficou sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência, com apresentações obrigatórias na polícia, enquanto o seu amigo, ficou em prisão preventiva.

Em conversa com a TV Mais, o tatuador começa por dizer que não tem nada a ver com a situação. “Os primeiros dias, depois de me acusarem de algo que não fiz, foram muito difíceis para mim e para a minha família. Felizmente, tenho muita gente que gosta de mim e acredita na minha inocência“, começa por dizer, revelando que estava naquele momento no exterior da discoteca “em trabalho“. “Acabei por sair à noite com dois amigos, o Diego e o Sandro“.

Foi nessa mesma entrevista, que Rui Rodrigues explica que “não conhecia o André Leão de lado nenhum“, e que até, inclusive, foi o próprio a atirar que “tinha gostado” da sua participação no programa da TVI. Depois desse episódio – já no final da noite – André Leão “veio atrás” do colega de Rui, Sandro. “O que sei foi que houve uma pequena discussão entre o Sandro, o Diego e o André Leão ainda na discoteca. E quando vínhamos embora o André veio atrás de nós.

Veja também:   Carina Caldeira está grávida pela primeira vez

Mais uma vez, o André veio na nossa direção, mais concretamente em direção ao Sandro, que também estava no carro. Estava a assistir àquilo quando, de repente, o André dá-me uma chapada. Aí senti uma injustiça enorme, porque se antes houve alguém que tentou acalmar a situação, entre o meu amigo Sandro e o André, fui eu. Separei-os várias vezes e nunca deixei que nada acontecesse entre os dois.” O jovem assume que teve o seu limite, depois da chapada que levou. “Saí do carro, fui na direção do André e dei-lhe também uma chapada. Entretanto, quando lha dou, o Sandro também dá. Fiquei surpreendido porque não tinha visto o Sandro a sair do carro. Foi nesta altura que o André caiu no chão. Depois o Sandro pontapeou-o. Não faço ideia onde acertou, porque fiquei incrédulo a olhar para aquilo tudo…“.

Considera-se culpado inocentemente

Apesar da pena leve, Rui diz-se “incriminado injustamente“. “É totalmente injusto quando ligas a televisão e te acusam de seres um criminoso. Nunca estive envolvido em nada criminoso e é muito difícil gerir isto tudo“, continua. Assim, aos poucos tem tentado fazer a sua vida. “Não tem sido fácil lidar com várias ameaças de morte que recebi. Sou constantemente falado num grupo de apoio ao André Leão. As ameaças vão ser tratadas em tribunal. Não me sinto seguro, mas não podemos ter medo.

23 anos. Estudante de Geografia na FLUP. Um apaixonado pela cultura, comunicação, pelo território e pela sociedade. Um defensor do equilíbrio "homem-terra", daí defender teorias de conservação e gestão da natureza. Está no MAISTV como fundador e administrador geral.

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas