Ligue-se a nós

Pessoas

Ljubomir Stanisic: “Não sei como vou pagar ordenados a 80 famílias. Prefiro proteger a saúde deles.”

Rufino Teixeira

Publicado

no

Ljubomir Stanisic deu uma entrevista à TVI a anunciar que decidiu encerrar os seus restaurantes “por uma questão de responsabilidade e de saúde pública“. “Estamos a fechar porque o Governo não tem tomates para tomar a decisão de fechar os restaurantes. Se eles não têm tomates, nós temos. O nosso tempo de restauração está péssimo. Aproximam-se tempos difíceis”, explicou o chef.

Apesar da lei não obrigar ao encerramento dos restaurantes, apela a que os clientes apenas o usem como take away. Ainda assim, o chef decidiu fechar o restaurante. “Neste momento, estou-me nas tintas, e creio que toda a restauração, para os turistas. O importante é a saúde pública.” Para si, “apesar da quebra de clientela ser grave, neste momento, o que não conta é o dinheiro“.

Veja também:   Diogo Infante: "A minha sexualidade não me define, de todo."

O chef vai mais longe e mostra exemplos práticos. “Temos um péssimo exemplo, a Itália, e um ótimo exemplo, que é Macau. Suponho que o nosso Governo não tenha tomates para assumir soluções de fechar como em Macau e lamento que tenhamos de ser nós, os empresários, a tomar esta atitude“, insistiu. “Não sei como vou pagar ordenados a 80 famílias. Prefiro proteger a saúde deles. Já sobrevivi a balas mais fortes e a chumbos mais pesados do que a Covid-19 e por isso vou sobreviver. Desde que o Governo não deixe este País ir abaixo.

23 anos. Estudante de Geografia na FLUP. Um apaixonado pela cultura, comunicação, pelo território e pela sociedade. Um defensor do equilíbrio "homem-terra", daí defender teorias de conservação e gestão da natureza. Está no MAISTV como fundador e administrador geral.

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Mais vistas