Ligue-se a nós

Famosos

João Paulo Rodrigues admite instabilidade

O humorista perdeu a segurança e a estabilidade do contrato de exclusividade que tinha com a SIC.

Miguel Noronha

Publicado

no

Vera Kolodzig e João Paulo Rodrigues vão apresentar a segunda temporada do programa “Missão 100% Português” e mostrar o que de melhor se faz em Portugal. Assim o humorista retorna à apresentação numa altura em deixou de ter contrato de exclusividade com a SIC, que durou 6 anos.

“Voltar a fazer um programa para a RTP1 é voltar a casa, porque foi aqui que me tornei conhecido à séria. Quando recebi este convite, estava ainda com exclusividade com a SIC. Essa exclusividade terminou em março, mas como ainda estava a fazer um projeto para a SIC, continuei até ao final do projeto, que termina agora até ao final de julho”, revela referindo-se às gravações de “Golpe de Sorte“.

Veja também:   Mikaela Lupu quer ir para o estrangeiro

“Estive ligado à SIC seis anos e foi só agora que tive um contrato. Fazia sentido, porque estava a apresentar um programa diário, mas nunca tinha tido um contrato. Sempre me habituei a isso. Graças a deus, sempre fui tendo trabalho”, avança.

Apesar da sua postura, o apresentador não esconde o medo do futuro. “Gera sempre um sentimento de instabilidade. Qualquer pessoa que tenha filhos, que tenha uma economia que dependa de si, obviamente que pensa nessas coisas. Mas eu procuro não me deixar levar por esses sentimentos de receio, porque senão, não curto o momento. O medo está cá sempre, mas não posso deixar que tome conta de mim”, termina o apresentador.

FONTE: TV 7 Dias

22 anos. Ator e modelo publicitário. Formado na área de ator, tenho conhecimentos em realização e grafismo. Entro nesta área do jornalismo de televisão, porque é algo que me fascina.

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas