Connect with us

Notícias

João Miguel Tavares: “Pais têm todo o direito de pôr fotos dos filhos no Facebook”

Rufino Teixeira

Published

on

João Miguel Tavares, escritor e jornalista, deixou alguns comentários ao programa ‘Supernanny’, da SIC, no seu espaço de opinião, no jornal Público e na TVI24.

No jornal Público, João dedica um texto ao programa alegando que até gostava de ter gostado do programa, mas “infelizmente, o formato do programa não o permite.” “Ter uma psicóloga a fingir que é Mary Poppins – Supernanny a chegar no seu Mini colorido para pôr ordem nas crianças de uma família desesperada – ainda se tolera, mas é impossível aceitar a transformação descarada de um drama real num produto de entretenimento com recurso às técnicas mais banais de telenovela.” 

O jornalista vai mais longe a acrescenta. “Há um detalhe muito grave que a SIC necessita de esclarecer – o pagamento de 1000 euros à família pelo retrato do caso, segundo noticiou o Correio da Manhã –, mas classificar uma criança que está a ser mal educada, e que foi exposta na televisão, como uma criança em risco é ir longe demais. Nós temos simultaneamente Estado a menos – porque as famílias não têm os apoios de que necessitam – e Estado a mais, se a classificação de “criança em risco” de repente se começar a estender a casos como este.

Comentários na TVI24

Também, na TVI24, depois de Ricardo Araújo Pereira emitir a sua opinião, João deixou bem clara a sua posição. “Acho que os pais têm todo o direito de pôr imagens das crianças no Facebook”, justificando a sua posição: “Hoje em dia um público mais instruído (…) que se tudo isto fosse levado às últimas consequências (…) as crianças desapareceriam do espaço público (…)”.

Veja o resto dos comentários no vídeo apresentado acima.

Continuar a ler
Advertisement
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress. Shared By Fancy Text Generator