IURD e COFINA não aceitam compra da TVI. Prisa tentou, mas sem efeito

Prisa - grupo que detém a TVI - tentou vender o canal e seus tributários à IURD e à COFINA, mas sem efeito. Segundo o Expresso, os dois grupos rejeitaram.

0
853

PRISA – grupo espanhol que detém a TVI – terá tentando, novamente, vender a Media Capital a outros grupos media. Segundo avança o Expresso, o grupo contactou potenciais compradores, como a Cofina e a Record TV.

No entanto, quer num caso quer no outro, estas tentativas terão sido em vão, já que os dois grupos revelaram não ter interesse na operação. “De facto, a TVI procurou a Record neste sentido. Contudo, não houve interesse por parte da Record na concretização“, adiantou fonte oficial da Record TV. Já a Cofina não quis comentar a situação, não revelando nada em concreto.

Já uma fonte da Prisa disse apenas que “não há nenhuma oferta sobre a Media Capital“, e com isso, continua em cima da mesa a venda da TVI e do resto do grupo.

Muita disputa?

Em 2007, Pais do Amaral vendeu a TVI à Prisa. No entanto,também a Portugal Telecom, mostrou interesse em adquirir o canal. Na altura, o objetivo seria silenciar a TVI, impedindo que esta continuasse a transmitir notícias desfavoráveis para o então primeiro-ministro, José Socrates.

Já em 2010, a Ongoing acabaria por tentar comprar, mas o negócio seria chumbado pela Autoridade da Concorrência. Nos últimos tempos, o negócio esteve a cargo da Altice, mas acabou por não ter frutos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here