Ligue-se a nós

Notícias

Indemnização de Judite Sousa deve ter rondado um milhão de euros

Rufino Teixeira

Publicado

no

Desde 2011 que Judite Sousa tinha um vínculo contratual com a TVI, sendo uma das figuras de maior destaque do jornalismo da estação. No entanto, oito anos depois, a jornalista decidiu quebrar esta ligação com o canal no início do mês de novembro.

Neste sentido, a jornalista emitiu um comunicado onde explicou os motivos, revelando a notícia, que logo recebeu comentários dos fãs. Também a TVI emitiu um esclarecimento público, de forma a não alimentar polémicas.

A verdade é que desde meados de setembro que Judite estaria “fora” da TVI por questões médicas, segundo conta uma fonte à TvMais, afirmando que a vontade de sair já era antiga. “A Judite queria sair e a iniciativa partiu mesmo dela. Foi uma decisçao que foi amadurecendo na sua cabeça ao longos dos últimos tempos”, reforça a mesma fonte, adiantando que o episódio da sua discussão com o colega no Brasil foi a gota de água.

Mas há mais motivações. É que segundo a mesma fonte, a saída de Rosa Cullel, a antiga diretora do Conselho de Administração da Media Capital,  e até a venda da TVI à Cofina terão alimentado mais este desejo de sair.

Veja também:   Carlos Ribeiro regressa à televisão pela mão de Nuno Santos

A desvinculação com o canal deu-se durante três meses. A jornalista manteve-se sempre à parte, deixando o trato dos assuntos nas mãos dos seus advogados.

Indemnização milionária

Sendo um dos principais rostos e ativos da TVI, que veio da estação pública com carreira feita, a jornalista mantinha um avultado salário, inicialmente fixado em cerca de 27 mil euros, mas que teve uma quebra de 10% feita a muitos dos quadros que mais ganhavam no canal aquando de uma restruturação interna. Por isso, a sua indemnização deverá afixar-se no milhão de euros. “Foram oito anos de ligação e já houve casos, no mercado, de profissionais de comunicação que saíram de outros meios com indemnizações a rondar esse valor.”

23 anos. Estudante de Geografia na FLUP. Um apaixonado pela cultura, comunicação, pelo território e pela sociedade. Um defensor do equilíbrio "homem-terra", daí defender teorias de conservação e gestão da natureza. Está no MAISTV como fundador e administrador geral.

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas