Ligue-se a nós

Notícias

Graciano Dias não foi selecionado à primeira para “Amar Demais”

O ator Graciano Dias conta que fez o casting duas vezes até conseguir entrar em “Amar Demais”.

Cátia Ferreira

Publicado

no

Graciano Dias encontra-se a desempenhar o papel da sua vida enquanto Zeca, na novela “Amar Demais” em exibição na TVI.

O ator não esconde a satisfação pelo momento que está a viver, mas admite à revista Maria que foi por pouco que não perdeu esta oportunidade: “Quando fiz o casting pela primeira vez não fiquei. Nessa mesma noite, liguei e pedi para repetir o casting, que fiz ao fim de uma semana, e fiquei. Foi uma conquista, pois era algo que queria. Senti que com um bocadinho mais de tempo conseguia ir mais longe. A cena era bastante difícil e às vezes precisamos que o texto fique a marinar na cabeça”

A sua companheira na ficção é Ana Varela e Graciano conta: “Quando vim fazer o casting pela segunda vez e cruzei-me com a Ana, ela disse-me que ficava muito feliz se fosse eu a fazer de par romântico com ela. Percebi que tinha ali uma amiga e que damos construir algo muito bonito.”

Para conseguir interpretar a sua personagem que aceitou estar presa durante 15 anos apesar de ser inocente, Graciano tomou uma decisão extrema: “Fechei-me um dia dentro de um quarto e escrevi o que senti, o que poderia uni homem sentir quando está preso”.

Em pararelo com o sucesso profissional, o ator vive também um grande desafio a nível pessoal: foi pai pela primeira vez em finais de junho.

Veja também:   'Amar Demais'. Santos Costa descobre que Zeca tem os diamantes

“Infelizmente, no primeiro mês, com as dificuldades em dormir e o volume de trabalho, tivemos de decidir que a Deolinda (companheira e mãe de Gabriel) e o bebé fossem para a Nazaré, para eu poder trabalhar durante a semana”, conta o ator.

E acrescenta: “Assim, estou sozinho durante a semana, e ao fim de semana vou ter com eles. Foi tuna decisão que custou muito, tuas era essencial, porque não conseguimos fazer tudo ao mesmo tempo. Pensava que conseguia ir trabalhar até às duas de manhã e voltar fresco, mas era impossível. O cansaço começou a acumular”.

No entanto, Graciano Dias conclui: “Tudo o que faço é por amor.”

Fonte: Maria

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas