‘Got Talent Portugal’: Fábio Vitó (NTS) esteve entre a vida e a morte

0
1060

Tem 27 anos e uma história junto do público jovem muito vasta. Mas, para além disso, Fábio Vitó – NTS – já teve um episódio menos bom que o marcará para sempre. “Eu fui baleado em 2012 por um agente da GNR. Tinha 21 anos“, confirma o jovem à TV 7 Dias.

Tudo aconteceu em 2012, quando Fábio seguia numa viatura e a pessoa que a conduzia, ao ser interpelada pela GNR, não parou. Com isto, iniciou-se uma perseguição, e Fábio acabou por ser baleado. “Tudo aconteceu depois da noite de passagem de ano, quando mandaram parar a viatura em que eu seguia. A pessoa que conduzia não parou. Fomos interceptados, eu fui baleado e fiquei em coma.

Na altura, NTS diz que não sabia ter sido baleado. “Quando saí do carro, caí, porque a minha perna não estava a funcionar, Eu pensava que estava em estado de choque. Aí disse à Polícia que tinham de chamar o INEM, porque não me sentia em. Fui para o hospital com a minha namorada, na ambulância, sem sabermos que eu tinha sido baleado, mas quem disparou sabia muito bem“, diz, prosseguindo: “Eu fui baleado depois de o carro estar parado! Há uma série de fatores, eram sete da manhã, o carro do meu amigo era de alta cilindrada e personalizado, nós fugimos e tudo isso gerou um pouco de medo“.

Esteve em coma

Estive em coma durante quatro dias porque fui baleado na zona do abdómen. A bala perfurou o intestino. Fui operado e estive em risco de nunca mais conseguir fazer as necessidades. Além disso, quando acordei, a minha perna esquerda, do joelho para baixo, não funcionava. Mas, felizmente, está tudo bem“, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here