Connect with us

Ficção

GNR não aceita colaboração com ‘Terra Brava’. Produção criou a GNP

Rufino Teixeira

Published

on

Certamente que os espectadores de ‘Terra Brava’ já perceberam que a “Guarda” da novela tem um nome próprio e não é, nem PSP, nem GNR. A verdade é que a GNR foi previamente consultada pelos responsáveis da novela da SIC, no sentido de haver uma colaboração entre as duas entidades, mas foi impossível chegar a qualquer acordo, segundo a TV Guia.

É que, no contacto feito à GNR pela SP Televisão, foi dito que iriam ser abordados temas como a corrupção e falsificação de documentos. Ora, a GNR terá recurso, e por isso, sem acordo, a estação de Paço de Arcos e a produtora ficcionaram então uma instituição a que chamaram Guarda Nacional Portuguesa (GNP).

Questionado pela TV Guia, o tenente-coronel Hélder Barros, do Comando Geral da GNR, esclareceu a situação: “Tendo em conta os perfis e os comportamentos das personagens que viriam a desempenhar o papel que se encontrava reservado aos militares da GNR – todos eles com traços negativos e, por isso, obviamente não representativos dos valores e virtudes cultivados na Instituição –, o Comando da Guarda decidiu não se associar a esta produção em particular.

Ainda recentemente, Diogo Amaral comentou a situação: “Nesta história, temos um guarda burlão e não há guardas burlões na GNR…“, disse.

Continuar a ler
Advertisement
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress. Shared By Fancy Text Generator