Diogo Amaral: “Não quero ser exemplo de coisa nenhuma”

Diogo Amaral assume que a sua entrevista na televisão, onde confessou ter usado drogas, não tem de servir de exemplo, pois ainda não está curado totalmente.

0
197
© SIC
A 4 de julho, Diogo Amaral admitiu em direto – n’O Programa da Cristina‘ – ter tido graves problemas com drogas no passado. Agora, em conversa com a TV7 Dias, o ator assume que na altura estava “cheio de medo” e que tinha receio de dizer, mas não por causa da opinião pública. “É-me completamente indiferente a opinião das pessoas”, assume. Apesar de opiniões menos positivas e construtivas, o ator realça a onda de fãs que o ajudou e tem estado ao seu lado. “Não estava à espera de uma reação massiva de pessoas através do meu Instagram e Facebook e até de contactos de amigos e pessoas com quem eu já não falava há anos. Numa situação destas, alguém que perde um minuto do seu dia para iluminar o dia de outras pessoas, eu acho que não há nada mais bonito que isso.” O que mais choca o ator, também, foram os vários pedidos de ajuda que recebeu privadamente. “É importante não ter medo e é importante ajudarmo-nos uns aos outros”, realça, assumindo que não quer ser um exemplo, até porque não está curado. “Não quero ser exemplo de coisa nenhuma, até porque eu não estou curado de absolutamente nada! É o dia-a-dia e é preciso ter muito respeito.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here