Connect with us

Entretenimento

Cristina Ferreira: “Não imaginávamos o que é que viria a ser o ‘Programa da Cristina'”

Rufino Teixeira

Published

on

Com quase um ano de existência, ‘O Programa da Cristina’ é um fenómeno de audiências, com resultados surpreendentes diariamente. O balanço é “muito positivo”, segundo conta Cristina Ferreira, que mostra saudades do processo de construção do estúdio. “Não imaginávamos o que é que viria a ser o ‘Programa da Cristina’ e não posso dizer que não é positivo, aliás, não acho que os números apenas comprovem a qualidade das coisas, mas tive a felicidade de desde o primeiro dia de as pessoas estarem lá. Isso não era expectável numa mudança como a minha. Continuamos a ter muitos dias em que há muita gente a ver o programa à noite, que quando chega a casa põe para trás. É sinal que, de alguma forma, atingi o objetivo“, destaca.

No seu programa, a apresentadora mostra sempre conteúdos diferentes. No entanto, ainda não sai à rua em reportagem. Mas há explicação: “Tivemos ao longo do ano uma série de projetos associados que não me permitiram sair para a rua, e porque o tempo não deixa – ou eu tinha de gastar todos os meus fins de semana a fazer reportagens ou tinha de faltar ao programa. Mas posso adiantar que nós vamos continuar e investir cada vez mais, até porque já está o projeto consolidado“, prometeu ao Notícias ao Minuto.
Neste processo, Cristina conta com a ajuda do seu fiel vizinho – Cláudio Ramos – que torna as coisas mais fáceis. “Já tenho um vizinho que toma muito bem conta da minha casa sozinho e que me vai permitir esta saída de casa durante alguns dias, porque disso é que eu tenho saudades“, afiança.

O amigo Cláudio

Cláudio Ramos é, provavelmente, o seu grande co-apresentador. E Cristina não lhe poupa elogios. “Cada vez somos mais amigos e a nossa amizade é muito engraçada. Nós conheciamo-nos, o Cláudio desde sempre teve muito respeito por mim e sempre que falava de mim no ‘Passadeira Vermelha’, sem nós sermos colegas, tinha o respeito de me mandar uma mensagem antes a tentar confirmar as coisas comigo. E eu sempre gostei disso”, admite, explicando que, quando o escolheu para integrar o projeto, não tinha a certeza de como seria a relação.

Na altura pensamos que o vizinho iria aparecer duas três vezes por semana e o Cláudio agora faz parte da casa e as pessoas exigem um bocadinho isso. Se ele não aparece as pessoas perguntam por ele. Estão sempre à espera desta nossa combinação e isso deixa-me muito feliz“, afirma.

Levar as pessoas a sua casa

No seu formato, Cristina tenta, quase sempre, convidar pessoas de outros canais. Para si, ia “lá tudo”. “Percebo que para a TVI não seja fácil. A concorrência é direta entre a SIC e a TVI, como a própria SIC não me deixa ir à TVI, que eu teria muito gosto que isso acontecesse. E acho que todos teríamos uma televisão um bocadinho diferente se fosse permitido, mas aqui são as leis que ditam um bocadinho tudo isso.

Continuar a ler
Advertisement
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress. Shared By Fancy Text Generator