Ligue-se a nós

Audiências

Cristina Ferreira analisa estreia de “Dia de Cristina”

A apresentadora afirma que Ellen DeGeneres ficaria com inveja se visse o cenário do “Dia de Cristina”.

Cátia Ferreira

Publicado

no

A expetativa era enorme e finalmente chegou o dia da estreia do programa de Cristina Ferreira: “O Dia de Cristina”. Teve a duração de sete horas, foi dividido em duas partes e teve grande impacto nos fãs. O objetivo principal foi cumprido: a TVI venceu o dia em termos de audiências, embora o programa tivesse perdido em alguns horários para a concorrência.

Cristina Ferreira falou aos jornalistas e fez algumas revelações:

Nervos

“Foi das vezes em que estive menos nervosa. Claro que aquele momento em que desces as escadas sabes que tens aqui a Mariza a cantar uma canção que te é muito particular [‘Melhor de mim’] há ali aquele friozinho. E foi engraçado porque o Ben estava lá atrás comigo e começou a emocionar-se e a ficar com pele de galinha quando a Mariza começou a cantar, mas depois nós começamos a dançar e a descontrair… e depois é continuar. São sete horas, sete horas é uma maratona televisiva num registo diferente“.

Cristina Ferreira faz balanço positivo

“Correu. Claro que há desafinações normais. Nós hoje brincámos muito ao longo do dia a dizer que estávamos a ensaiar em direto, até porque tudo isto ficou concluído hoje de manhã, com toda a gente a trabalhar, e no fundo deixámos no sítio certo as coisas maiores. Agora vamos afinando aqui aquilo que nós queremos para este cenário, que é um cenário que impõe respeito e que nos impõe aqui também uma ginástica que não existia até agora”.

O maior problema

“A luz foi o nosso principal problema no dia de hoje, porque um cenário destes também impõe aqui um registo quase de prime time. Isto não é normal num programa da manhã nem da tarde. Há coisas que estamos a afinar, mas na totalidade nós ficámos muito felizes. Esta é a minha forma de fazer televisão, isso não mudou e acho que se percebeu que aquilo que eu trato no programa é o mesmo que eu fazia e faço há muitos anos em televisão.”

Programa internacional

“Esse era o objetivo, que as pessoas sentissem que isto era diferente e eu sabia que ia provocar isso, até em nós, equipa. Nós ao estarmos aqui e temos de nos adaptar a esta realidade, nós sabemos que isto é o futuro. Tive um projeto muito marcante, como todos sabem, tinha sido uma ideia minha – a ideia de casa que foi muito disruptivo na altura. Nunca se tinha feito nada disto em televisão, mas aquilo que senti foi que a determinada altura toda a televisão em Portugal estava um bocadinho neste conceito – daquilo que era o ambiente doméstico, digamos assim. E se eu quero uma televisão do futuro, quero uma televisão com aquilo que começa a ser tendência também a nível internacional”.

Veja também:   Ljubomir Stanisic estreia-se mais cedo na SIC

O cenário

“Os grandes cenários como este que nós temos aqui são a grande tendência a nível de formatos televisivos, nisso eu até tenho um olhinho para a coisa e achámos que era isto que nós queríamos mostrar. Agora, é evidente que nós vamos precisar que as pessoas se adaptem a isto. Eu passo de uma cama, de um quarto, de uma sala, para este ambiente”.

“Amanhã vão sentir um bocadinho: o que nós vimos ontem, e o que é que é a televisão amanhã. Era isso que eu queria fazer, eu queria provocar isso mesmo. Vocês sabem que há esse lado meu de provocar sentimentos, mesmo que eles sejam diferentes daqueles que nos queríamos e que são expectáveis. É evidente que todos nos queríamos [que dissessem]: era lindo, era maravilhoso, nunca vi nada igual. Nós sabemos que não. Nós sabemos que mesmo a nível internacional este cenário é difícil de encontrar”.

Ellen DeGeneres

O orgulho no produto que criou é tanto que Cristina Ferreira afirma que até Ellen DeGeneres ficaria com “inveja” do cenário do “Dia de Cristina”. “Vi hoje um bocadinho da Ellen, que regressou na passada segunda-feira, e ela se visse este cenário pensava: temos de mudar o nosso”.

Futuro do “Dia de Cristina”

A ideia inicial é o programa ser semanal. Em que dia? O que a “Cristina quiser”.

A apresentadora garante:  “O próximo não será em nada semelhante aquilo que foi hoje e esse é o principal desafio do ‘”Dia de Cristina”. Pode haver dois por semana ou uma semana em que ele não aparece. Queremos manter essa marca surpresa de: será que hoje é ‘Dia de Cristina’? Vamos ver se ela está lá. Para já é esse o formato, até porque eu tenho mais que fazer”.

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas