Ligue-se a nós

Entrevistas

Catarina Gouveia revela ter sofrido aborto

Cátia Ferreira

Publicado

no

Catarina Gouveia abriu o livro da sua vida a Daniel Oliveira no “Alta Definição” e fez revelações surpreendentes.

A maior delas foi o ter sofrido um aborto: “Há um dia da minha vida que me marcou, mas que hoje vejo um propósito para ter acontecido… Uma gravidez que não foi para a frente”. E justifica o porquê de partilhar um momento tão íntimo: “Falo disto pela importância que tem, porque as pessoas, quando um teste dá positivo, nunca falam da hipótese de correr mal e essa possibilidade é bastante elevada. Acontece todos os dias e as mulheres não falam sobre isto.”

Catarina Gouveia, para além do choque pela perda do  bebé, considera também que a forma como lhe foi dada a notícia não foi a melhor: “Estava numa consulta e disseram-me: Tenho uma má notícia para si. Não tem batimentos. Por isso, se quiser fica aqui no hospital ou então vai para casa. E eu: Desculpe? Como assim? Responderam–me: Não tem batimentos. O corpo não reconheceu que teve um aborto, o coração não está a bater e por isso ou fica aqui ou vai embora para casa e espera que o seu corpo expulse naturalmente.”

Perante este desfecho, a atriz de “Terra Brava” decidiu pedir uma segunda opinião para confirmar o que lhe estavam a dizer de forma tão brusca. A situação confirmou-se  e assume que foi um período complicado porque algo assim coloca em causa a possibilidade de algum dia poder vir a ser mãe: “Levas um abanão da vida, não controlas nada, afinal. Fica sempre lá uma ferida, mas está cicatrizada”.

Veja também:   Catarina Gouveia radiante por ter casado com o amor da sua vida

Para além deste episódio, Catarina Gouveia revelou que a família passou por um embate duro quando perderam tudo. Corria o ano de 2008 e “todo o trabalho construído pelos meus pais foi por água abaixo. Perdemos tudo. Casa, carros, empresa, tudo. Foi quase em efeito dominó. Até levaram o recheio da casa”.

Também revelou que a sua relação com o pai biológico é praticamente inexistente. Como figura paterna tem o companheiro da mãe, que trata como pai. As poucas tentativas de aproximação com o seu pai verdadeiro revelaram-se falhadas: “A irmã do meu pai, com quem mantive contacto a vida toda, conseguiu que nós nos encontrássemos. Lembro-me que houve uma conversa muito vaga e superficial de que ele ia estar presente na minha vida. Ele sabia que os meus pais tinham acabado de sair de uma situação financeira complicada e até me pediu o NIB do meu cartão para me ajudar. E fiquei à espera. E nunca mais aconteceu. Foi duro. Foi duro, mas voltas à vida e voltas a esquecer. Tens de perdoar”.

Catarina Gouveia e Pedro Melo Guerra casaram-se este sábado, dia 10, numa cerimónia mais intimista devido à atual pandemia.

Fonte: TV Mais

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas