‘Casados à Primeira Vista’: Graça é uma mulher com azar no amor

0
1052

Graça Peralta inscreveu-se em ‘Casados à Primeira Vista‘ à procura do seu príncipe encantado, mostrando ainda acreditar no amor. Os especialistas deram-lhe José Luís, com quem as coisas também não têm sido fáceis. A TV Guia falou com Manuela Hourcastagnou, prima de Graça, que vive actualmente em França. No entanto, nem a distância as afastou. Manuela e Graça são inseparáveis e, além de familiares, as melhores amigas uma da outra. “É como uma irmã para mim“, refere.

Quanto ao romance que Graça vive com José Luís, Manuela é clara: “Esta é a história mais bonita da vida da Graça“.”Éramos novinhas e eu já vivia em França, mas fui a Portugal passar férias. Fui eu, o meu namorado e o melhor amigo dele. Quando a minha prima viu o rapaz ficou logo apaixonada“, relembra Manuela.

Posto isto, o romance ganhou outros contornos. O amigo de Manuela veio mesmo para Portugal. “Quando se separaram foi um drama por causada distância. Ele estava tão apaixonado que assim que chegou a França começou ater aulas de português coma minha mãe, que era professora. Foi o primeiro grande amor da Graça.

Tudo parecia estar encaminhado na vida do jovem casal até que numa madrugada aconteceu ma tragédia .”O Marc teve um grande acidente de mota. Ele trabalhava num bar que se tornava discoteca e só saía às 4 ou 5 da manhã. Foi atropelado por um carro duas vezes e ficou em coma.”  “Nem lhe sei dizer ao certo a quantidade de cirurgias a que foi submetido… Foram muitas. Tive de contar à minha prima. Ficou inconsolável. Foi horrível! Quando ele acordou não conhecia ninguém. Tinha perdido a memória“, explica.

A Graça foi das primeiras pessoas de quem se lembrou e continuava perdidamente apaixonado por ela“. No entanto, e apesar de continuarem a trocar cartas, houve um dia em que elas acabaram por não chegar cá. “Mais tarde soubemos que os pais dela escondiam a correspondência. Não queriam que ela ficasse o resto da vida com alguém aleijado. Ela achava que ele a tinha esquecido e ele julgou que ela o tinha abandonado.

Foi poucos anos depois dos 20 que Graça conheceu Luís Lopes, aquele que viria a tornar-se o pai dos seus três filhos. Segundo Manuela, um casamento que sempre aparentou ser feliz e resolvido. Até que a agora mulher de José Luís descobriu o pior. “Ela foi traída e, na altura, a minha prima não o conseguiu perdoar. Foi um período muito complicado até porque nunca ninguém esperou que se divorciassem. Era um casal muito unido, mas ela não conseguiu perdoar essa infidelidade“, conta.

Depois do divórcio, Graça voltou a apaixonar-se. Conheceu um italiano que, na altura, trabalhava como engenheiro no metro do Porto. Mas tal como os romances anteriores, este também não teve um final feliz. “Foi outro grande amor, mas um homem muito complicado“, desabafa. “Era machista e muito antiquado. Achava que as mulheres não deviam trabalhar, que tinham sido feitas para estar em casa a cuidar da família, só ele é que podia tomar decisões. Era muito possessivo…

Agora, resta esperar se com José Luís, as coisas vão correr melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here