Ligue-se a nós

Famosos

Bárbara Guimarães diz ter sido ameaçada de morte pelo ex, mas errou no dia

Rufino Teixeira

Publicado

no

Bárbara Guimarães não consegui provar em tribunal um facto que poderia condenar Manuel Maria Carrilho da prática de um crime de violência doméstica. Segundo a TV Guia, Os magistrados do Tribunal da Relação de Lisboa consideraram ser importante saber se na noite do dia 14 de setembro de 2013, Manuel Maria Carrilho tinha, ou não, arrastado a mulher Bárbara Guimarães pelas escadas que conduziam ao sótão do ex-apartamento do casal em Lisboa.

A estrela da SIC diz que o facto aconteceu mesmo, em setembro de 2013, cerca de um mês antes da separação definitiva do casal, mas, nesse dia, Bárbara e Carrilho estiveram em Viseu, num casamento de uma sobrinha de Carrilho. Já em tribunal, duas testemunhas que, depois de ouvidas, confirmaram toda esta situação.

Veja também:   Ana Sofia Martins adia sonho de ir para Londres

Face a isto, o processo tornou-se ainda mais sumário do que era inicialmente, tendo ficado a leitura da sentença marcada para 8 de março, com pelo menos mais uma sessão para alegações finais a 22 de fevereiro.

23 anos. Estudante de Geografia na FLUP. Um apaixonado pela cultura, comunicação, pelo território e pela sociedade. Um defensor do equilíbrio "homem-terra", daí defender teorias de conservação e gestão da natureza. Está no MAISTV como fundador e administrador geral.

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas