Connect with us

Notícias

Anabela Teixeira acredita que a CMTV vai abrir um novo ciclo da ficção em Portugal

Rufino Teixeira

Published

on

Anabela Teixeira é uma das atrizes portuguesas mais conhecidas do grande público, ainda que, um pouco ausente das televisões. A atriz é uma das estrelas da primeira trama portuguesa da CMTV e irá regressar, de propósito, a Portugal para as gravações.

Em conversa com a TV Guia, a atriz que irá dar vida à protagonista da novela, explica que nem é “só de protagonistas vive um actor.” “Já tive oportunidade de fazer personagens secundárias que me deram muito prazer e a que me entreguei de igual maneira, como me vou entregar a esta. Mas uma protagonista, uma personagem que é central, é ótimo para um ator, porque há muito para trabalhar e há ligação a vários núcleos da história. Além disso, as pessoas ficam mais ligadas àquela personagem porque sabem mais sobre ela“, explica.

Deste modo, é na televisão, e com as novelas que atriz sente-se “numa maior proximidade com as pessoas, daquilo que elas acham de mim, ou da personagem, depende do que elas me dizem. É interessante quando, de repente, nos confundem. Em relação a este papel, espero que não aconteça!“.

Voltar de Inglaterra

O convite deixou Anabela “muito feliz“, até porque, como está a viver em Inglaterra, tem que vir para “Portugal para fazer este trabalho, especificamente. Só viria se fosse um trabalho que mexesse comigo e valesse a pena. Este convite surgiu, o projecto e a produtora, a SP Televisão, têm muita qualidade, dá-me muita segurança. E depois, há uma coisa aqui em relação à CMTV que associo muito ao meu início de carreira“, argumenta, falando do seu passado como atriz. “É engraçado, porque estreei-me com A Viúva do Enforcado, no início de um canal privado. Marcou o facto de estar a começar algo de novo, que eram os canais privados. E o que sinto, aqui, é que vou ser protagonista, outra vez, de um novo ciclo que vai abrir-se na ficção, em Portugal.

Com o marido lá fora, e Anabela cá, a atriz explica que a relação não é, de todo prejudicada. “No nosso caso, tanto eu como o meu marido vamos tendo alturas em que temos de trabalhar fora. Eu já estou preparada, psicologicamente. Fui viver para Inglaterra, sabendo que o meu futuro é estar aqui uns meses, depois posso ter de fazer um filme ou uma série e isso pode não ser em Londres, posso ter de ir para outro país.

Continuar a ler
Advertisement
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Copyright © 2017 Zox News Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress. Shared By Fancy Text Generator