Ligue-se a nós

Famosos

Anabela Moreira: “Gosto muito de ser livre”

A atriz Anabela Moreira, de 44 anos, falou com a revista Caras sobre a sua vida na representação e enquanto mulher.

Cátia Ferreira

Publicado

no

A atriz Anabela Moreira, de 44 anos, falou com a revista Caras sobre a sua vida na representação e enquanto mulher. Dá ainda o seu testemunho sobre o momento difícil que os artistas estão a passar com a pandemia.

No Instagram descreveu-se como “não só, mas também atriz”. A atriz explica: “Sou atriz, sei que não seria tão feliz a fazer outra coisa, embora esta seja uma profissão difícil. E recorrentemente me perguntam quem é a Anabela… Sou tanta coisa, mudo tantas vezes que nem chego a saber quem sou. Portanto, achei que esta frase definia a grande confusão na abordagem que faço à minha pessoa”. Ainda assim, Anabela Moreira considera que o ser atriz a define, define a forma como vive até porque acredita que não seja fácil ver-me desaparecer durante três meses para fazer um processo de uma personagem, não telefonar durante uma semana”. E conclui: Amo profundamente as pessoas que me acompanham, mas ser atriz é muito do que sou.

O processo de preparação das personagens começa a custar-lhe mais devido também à sua idade. Ainda assim gosto muito destes processos e estive sempre muito disponível para eles, mas quando regresso à minha vida não venho eu — o meu corpo mudou, a minha forma de falar mudou, venho diferente, e isso pesa”, desabafa a atriz.

Está numa altura da sua vida em que é mais generosa com os outros, não para que gostem de si, mas de forma genuína. Sabe que há efetivamente coisas que não quer na sua vida e está em paz com isso. Cada vez mais opto por ter consciência de quão bonita é a vida, de como é importante saber o privilégio de criar memórias e de gastarmos a nosso energia no que nos completa, remata.  

Veja também:   Jorge Gabriel e Sónia Araújo estão em isolamento

Admite não ser fácil relacionar-se até porque há determinadas ações no outro que já não aceita, talvez pelos seus 44 anos, e também porque: A minha profissão não é fácil, implica fazer cenas íntimas com outros atores, pelo que, para uma relação funcionar, a outra pessoa tem de estar resolvida. Percebo que seja complicado veres a pessoa que amas, em cenas íntimas, mas tem de haver um pleno entendimento”. E acrescenta: “Uma relação é uma dança de cedências, mas há coisas com as quais já não quero conviver, porque não me fazem bem. Por isso é que nunca me casei, nem tenho sequer pretensões. Gosto muito de ser livre”.

Quanto à pandemia, Anabela Moreira explica como a tem vivido: “É absolutamente surreal. 2019 foi muito difícil para mim, tive pouco trabalho como atriz, porque parece que tudo estagnou. E todos os projetos que me apareceram em 2019 eram para 2020. Já estava com uma agenda supercompleta, com um projeto a seguir ao outro. E quando isto acontece desaparece tudo, foi tudo adiado para 2021. Foi horrível, foi um período de muita ansiedade. Pedi um apoio para atores à Câmara Municipal de Lisboa, que, embora não fosse muito, foi uma grande ajuda. Foi a primeira vez que o Estado me deu alguma coisa. Pensei que não estávamos sozinhos até que percebi que muitos colegas meus passaram muito mal e ainda estão a passar”.

Fonte: Caras

Anúncio
💬 COMENTÁRIOS | CLIQUE AQUI PARA VER E COMENTAR

Facebook

Anúncio

Mais vistas