Afinal, Carlos Daniel não saiu da RTP para a FPF. “É resultado de um acordo”

0
269
Carlos Daniel. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Carlos Daniel – antigo jornalista da RTP – e o novo diretor de conteúdos da Federação Portuguesa de Futebol, continua a ser funcionário público. Tudo por causa de um acordo estabelecido pela televisão pública e a FPF.

Segundo o Correio da Manhã, Carlos Daniel terá pedido uma licença sem vencimento à RTP, decorrente de uma conversa com Gonçalo Reis – responsável máximo do canal público. Deste modo, o jornalista poderá interromper a sua “participação” no canal futebolístico – a estrear em maio – e voltar à RTP.

A referida publicação do CM explica que Carlos Daniel, de 48 anos, tem um vínculo efetivo desde 2001 com a RTP, e por isso, pertence aos quadros da empresa. Em comunicado, a estação público explica que estabeleceu “um memorando que envolve a criação e promoção de conteúdos, partilha de direitos, meios e recursos e ainda o acesso recíproco aos arquivos“. “Carlos Daniel saiu da RTP para a FPF com base neste acordo entre duas instituições de interesse público. O facto de um grande jornalista e apresentador de televisão como o Carlos Daniel não sair em definitivo da RTP é positivo.

Fontes da estação garantem, porém, que a redação está “em choque com a notícia” e acusam o jornalista de “falta de ética“, pois “vai trabalhar numa TV concorrente”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here