O caso remonta a 2013 no programa ‘Big Brother VIP’. Zezé Camarinha foi concorrrente do programa e entrou em confronto direto com Fanny Rodrigues. O pai da jovem, Fernando, não gostou e serviu-se das redes sociais para se manifestar. O desabafo de Fernando levou a que Zezé se sentisse lesado e avançasse com um processo judicial contra Fernando Rodrigues.

A esta confusão, juntou-se Fanny que esclareceu a situação, em sua defesa. “Estive toda a tarde a conter-me para não rebentar. Tenho 21 anos e não tenho paciência para isto. O meu avô, com 77 anos, fazia melhor figura aqui dentro do que o Camarinha…

Após as palavras trocadas, Zezé caminhou para tribunal onde apresentou a sua queixa como “um crime de ameaça“. No entanto, segundo a Tvmais, o Ministério Público determinou o arquivamento. Não foi, assim, possível concluir que Fernando Rodrigues “estivesse a ameaçar o ofendido com a prática de qualquer crime.” “Atento ao caráter dúbio como o arguido formulou e expressou a frase em causa, não é possível concluir que, com a mesma, o arguido tenha ameaçado o ofendido com a prático de um ‘mal futuro’“.

Mas Cláudio foi condenado

Para além de Fernando, Camarinha interpôs, também, um processo a Cláudio Viana. Em causa estarão acusações do jovem ao arguido, nomeadamente, chamando-o de pedófilo. Camarinha não quis deixar Cláudio impune e pediu-lhe uma indemnização de 10 mil euros. O Tribunal deu-lhe a razão, mas apenas o condenou a 500 euros.