‘Cristal’ é a nova novela da CMTV

A CMTV já escolheu a sua próxima novela brasileira. 'Cristal' foi a escolha, e conta a história da luta de uma mãe à procura da filha desaparecida e de um grande amor!

0
400
Foto: DR

A CMTV já escolheu a novela que vai substituir ‘Essas Mulheres’ nas tardes do canal do grupo Cofina.

‘Cristal’ foi a escolha. Esta é uma novela brasileira do canal SBT e foi transmitida por este canal em 2006. Esta novela é um remake da novela mexicana ‘Privilégio de Amar’ (transmitida em Portugal pela RTP1 em 2001), que, por sua vez, foi baseada na venezuelana ‘Cristal’, ambas escritas por Delia Fallo.

Esta novela conta com Bianca Castanho, Bete Coelho, Dado Dolabella, Giselle Policarpo, Marisol Ribeiro, Greta Antoine, Daniel Alvim, Bárbara Paz, Giuseppe Oristânio, Guilherme Trajano, Giane Albertoni, Vanessa Prieto, Alexandre Barillari, Victor Wagner, Martha Mellinger, Pepita Rodríguez, Vera Gimenez e Sabrina Greve nos papéis principais da trama.

A CMTV já está a promover ‘Cristal’ durante a emissão e a estreia será no dia 14 de maio.

A História:

São Paulo, 2006 – Renomeada empresária da moda, Vitória Ascânio (apelido de casada) é proprietária da “Maison Vitória”, prestigiada grife de alta custura. Poderosa e dominadora, quem conhece a sofisticada Vitória de hoje jamais poderia suspeitar de seu passado. São Luís de Paraitinga, 1984 – Vitória da Silva não passava de uma empregada doméstica na casa de dona Luísa, mãe de Ângelo de Jesus, jovem com vocação religiosa e seu amor impossível da juventude. Antes do ingresso do rapaz no seminário, Ângelo e Vitória têm a sua primeira noite de amor, sendo ambos ainda virgens. Como resultado desta aventura, Vitória engravida. Após ser humilhada por dona Luísa, Vitória é expulsa da casa da patroa. E, para evitar que o filho abandone a carreira sacerdotal, o que sempre ambicionou para ele, Luísa esconde dele a existência dessa criança. Após dar à luz uma menina, Vitória, sem condições de criar a filha, vê-se obrigada a deixá-la na porta de uma rica mansão. Ao contrário do que ela esperava, a menina é entregue pelo casal da mansão às autoridades e encaminhada para o “Orfanato Bom Pastor”. Criada e educada pelas freiras, Cristina, a filha de Vitória, torna-se uma linda jovem, com sólida formação moral. 22 anos depois, Cristina divide um apartamento com duas amigas, Zoraide e Inocência, trabalha num banco e sonha ser modelo. Logo Cristina é contratada por Vitória para ser sua modelo, sem que as duas conheçam as suas ligações familiares.

Embora casada com Alex Ascânio, um famoso ator, e mãe da mimada Eliana, Vitória jamais esqueceu a filha abandonada e sempre tentou reencontrá-la, mas nunca descobriu nada sobre ela. Assim, Vitória procura Ângelo, hoje um respeitado padre, e finalmente ele descobre a sua filha. Chocado, porém feliz com a descoberta, o Padre Ângelo decide ajudar Vitória na sua busca pela filha. Luísa toma conhecimento da reaproximação de Vitória e Padre Ângelo e, investigando, descobre antes dos dois que Cristina é a filha perdida de Vitória. Porém, Luísa conta ao filho toda a verdade em confissão. Assim o Padre Ângelo fica impedido de revelar a verdade para Vitória, por ele ser padre e não poder relatar as confissões dos fiéis. Em pouco tempo, Cristina torna-se Cristal, uma das principais modelos da “Casa Vitória” e se envolve com João Pedro, o enteado de Vitória. Os dois têm um romance que, de uma aventura se torna um sincero amor. Cristina acaba esperando um filho de João Pedro. Momentos antes de revelar este facto a João Pedro, ele a surpreende informando que se casará com Marión, a sua noiva, e que voltou do exterior dizendo estar esperando um filho dele.

Decepcionada, Cristina decide esconder a sua gravidez de João Pedro e de Vitória. Ela descobre o envolvimento do enteado com a modelo e, julgando-a interesseira, a despede da empresa. Sem saber, Vitória comete uma grande injustiça com a própria filha, sem saber os laços de sangue que a une com Cristina, passando a persegui-la e usando o seu poder para impedir que Cristina arranje novos trabalhos. E o pior é que a mãe de Ângelo, Luísa, que sempre odiou Vitória, voltará dizendo a Cristina que quer a guarda da sua filha, revelando a ela que é sua avó, portanto bisavó da menina que Cristina acabara de dar à luz. Cristina fica sem entender nada, e Luísa não diz quem são os seus pais, falando só que é mãe do seu pai. Com medo, Cristina viverá um inferno nas mãos de Luísa! Com uma filha recém-nascida e desempregada, Cristina vê-se na mesma situação da mãe antes do seu nascimento. Porém, com o apoio das amigas, do Padre Ângelo e do fotógrafo Adam, Cristal resistirá à vingança de Luísa, as maldades de Marión e a ira de Vitória, provará a todos que o brilho de seu “cristal” é superior à sua fragilidade. No fim, Vitória se arrepende de tudo o que fez e descobre que Cristina é sua filha. Cristina se casa com João Pedro, e Marión volta para o exterior após descobrirem que ela não estava grávida, que era tudo um golpe por dinheiro. Marión retorna ao Brasil querendo vingar-se de Gustavo e os dois se atiram um no outro em uma construção abandonada e de mãos dadas os dois morrem. Cristina se torna a melhor amiga da sua meia-irmã Eliana. E Ângelo fica amigo de Vitória, e eles vêem que nunca será possível eles ficarem juntos, por ele ser padre e por Vitória descobrir que realmente ama o seu marido, e descobrem juntos que só se envolveram pois era um plano de Deus para que Cristina existisse e fizesse o bem como “sempre” fez.